Sexta-feira, 31 de Março de 2006

Campanha contra o tabaco a ver

http://www.nonsmoking.se/nonsnusing/main.html

publicado por Mar às 16:16
link do post | comentar | favorito

Nova versão...

Se o Mário Mata,

a Florbela Espanca,

o Jaime Gama 

o Jorge Palma
 
talvez a Zita Seabra...
 
para o António Peres Metello, 

o que é que a Rosa Lobato Faria? 
publicado por Mar às 15:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Março de 2006

O menino do Gaz

publicado por Mar às 20:32
link do post | comentar | favorito

Novas Leis

publicado por Mar às 20:25
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Março de 2006

Conselhos úteis para mulheres:

 
 
Mulheres... façam 
sempre uma alimentação saudável:  
 
 
"Comam homens de 
fibra." 
 
publicado por Mar às 21:54
link do post | comentar | favorito

Um dia perfeito para uma mulher

  
  08:15 Desperta com abraços e beijinhos.
  08:30 Na balança, pesa 5 Kg menos do que ontem.
  08:45 Pequeno-almoço na cama, sumo de laranja e croissants.
  09:15 Banho de imersão com uma fragrância exótica.
  10:00 Ligeira sessão no clube com o seu simpático, musculoso e gay
treinador pessoal.
  10:30 Tratamento facial, manicure, shampoo, cabelo.
  12:00 Almoço com a melhor amiga numa esplanada.
  12:45 Repara, de longe, que a mulher do ex-namorado engordou 20Kgs.
  13:00 Compras com amigas, arranja algo especial para si mesma.
  15:00 Sesta.
  16:00 Recebe em casa uma dúzia de rosas, mandadas por um admirador
secreto.
  16:15 Ligeira sessão no clube, seguida de massagem.
  17:30 Escolha da roupa para jantar.
  19:00 Jantar romântico à luz das velas, com dança.
  20:00 Surpreendida por uma jóia à sobremesa, como prova de amor.
  21:30 Duche quente, sozinha.
  22:00 Faz prolongadamente amor com uma suave música de fundo.
  23:00 Carícias, segredos e beijinhos de "foi tão bom".
  23:15 Adormece nos braços dele, fortes e gentis.

Também há dias perfeitos para os homens... mas desses preferimos não falar!...
Fotografia: Mona Lisa - Basquiat
publicado por Mar às 21:48
link do post | comentar | favorito

História de Portugal (versão condensada)

  Igualmente adequada para gente que não tem tempo a perder  

 História de Portugal (ultra-condensada)

Tudo começou com um tal Henriques que não se dava bem com a mãe e acabou por se vingar na pandilha de mauritanos que vivia do outro lado do Tejo. Para piorar ainda mais as coisas, decidiu casar com uma espanhola qualquer e não teve muito tempo para lhe desfrutar do salero porque a tipa apanhou uma camada de peste negra e morreu.

Pouco tempo depois, o fulano, que por acaso era rei, bateu também as botas e foi desta para melhor. Para a coisa não ficar completamente entregue à bicharada, apareceu um tal João que, ajudado por um amigo de longa data que era afoito para a porrada, conseguiu pôr os espanhóis a enformar pão e ainda arranjou uns trocos para comprar uns barcos ao filho que era dado aos desportos náuticos. De tal maneira que decidiu pôr os barcos a render e inaugurou o primeiro cruzeiro marítimo entre Lisboa e o Japão com escalas no Funchal, Salvador, Luanda, Maputo, Ormuz, Calecute, Malaca, Timor e Macau.

Quando a coisa deu para o torto, ficou nas lonas só com um pacote de pimenta para recordação e resolveu ir afogar as mágoas, provocando a malta de Alcácer-Quibir para uma cena de estalo. Felizmente, tinha um primo, o Filipe, que não se importou de tomar conta do estaminé até chegar outro João que enriqueceu com o pilim que uma tia lhe mandava do Brasil e acabou por gastar tudo em conventos e aquedutos. Com conventos a mais e dinheiro menos, as coisas lá se iam aguentando até começar tudo a abanar numa manhã de Novembro. Muita coisa se partiu. Mas sem gravidade porque, passado pouco tempo, já estava tudo arranjado outra vez, graças a um mânfio chamado Sebastião que tinha jeito para o bricolage e não era mau tipo apesar das perucas um bocado amaricadas.

Foi por essa altura que o Napoleão bateu à porta a perguntar se o Pedro podia vir brincar e o irmão mais novo, o Miguel, teve uma crise de ciúmes e tratou de armar confusão que só acabou quando levou um valente puxão de orelhas do mano que já ia a caminho do Brasil para tratar de uns negócios. A malta começou a votar mas as coisas não melhoraram grande coisa e foi por isso que um Carlos anafado levou um tiro nos coiratos quando passeava de carroça pelo Terreiro do Paço. O pessoal assustou-se com o barulho e escondeu-se num buraco na Flandres onde continuaram a ouvir tiros mas apontados a eles e disparados por alemães. Ao intervalo, já perdiam por muitos mas o desafio não chegou ao fim porque uma tipa vestida de branco apareceu a flutuar por cima de uma azinheira e três pastores deram primeiro em doidos, depois em mortos e mais tarde em beatos. Se não fosse por um velhote das Beiras, a confusão tinha continuado mas, felizmente, não continuou e Angola continuava a ser nossa mesmo que andassem para aí a espalhar boatos. Comunistas dum camandro! Tanto insistiram que o velhote se mandou do cadeirão abaixo e houve rebaldaria tamanha que foi preciso pôr um chaimite e um molho de cravos em cima do assunto. Depois parece que houve um Mário qualquer que assinou um papel que nos pôs na Europa e ainda teve tempo para transformar uma lixeira numa exposição mundial e mamar duas secas da Grécia na final.

E o Cavaco?

O Cavaco foi com o Pai Natal e o palhaço no comboio ao circo.

FIM

publicado por Mar às 21:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Março de 2006

Ele em profusa confusão mental

publicado por Mar às 20:59
link do post | comentar | favorito

Ele e ela

Fotografia: objectos/blogspot.com
publicado por Mar às 20:55
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Março de 2006

A evolução do poder

publicado por Mar às 00:05
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Os 10 Mandamentos do Alen...

Disputa: o mais alentejan...

Piada do dia

bondage "deu um pum"

Tom Jobim - nova versão

Frase do dia

Homem versus Mulher

O SER HOMEM

Exame de física

Poesia alentejana...

arquivos

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favoritos

Véspera

Carícia

Postal

Sossega

Final de mini-férias

Viagens

Daninha

blogs SAPO

subscrever feeds